Logo ARCP Guariroba Campo Grande MS

Campo Grande
19 de Outubro de 2019.

Bacia do Guariroba

Início do Projeto de Recuperação de APP's nas propriedades da APA do Guariroba

Publicado em 03 de Setembro de 2018

Restauração ecológica de 32 hectares de APP’s se estende à 11 propriedades da Bacia do Guariroba

Nesta Segunda-feira 03 de Setembro, iniciaram-se as atividades de recuperação das Áreas de Proteção Permanente (APP's) em 32 hectares de APP’s hídricas na bacia hidrográfica do Córrego Guariroba, sendo 22 hectares com plantio de mudas e 10 hectares por meio da técnica de muvuca de sementes, na região da APA Bacia do Guariroba.



As áreas a serem trabalhadas durante esta fase de restauração serão algumas propriedades das Sub-bacias Tocos, Rondinha e Reservatório, definidas com base em uma série de critérios estabelecidos pela UGP da Bacia do Guariroba (Unidade Gestora de Projetos da bacia do Guariroba) e equipe executora, sendo elas:

Propriedades em que serão realizadas Muvuca:
Fazenda Flamboyant
Fazenda Poema

Propriedades em que serão realizadas Plantio:
Fazenda União
Fazenda Paraíso
Fazenda Santo Antônio
Fazenda Pastinho
Fazenda Maysa

Propriedades em que serão realizadas Enriquecimento:
Fazenda Figueira
Fazenda Paraíso e Natureza
Fazenda União
Fazenda Quatro de Julho

O trabalho irá contemplar 32 hectares divididos entre as propriedades a serem trabalhadas, sendo 22 hectares para plantio de mudas nativas e 10 hectares para semeadura e enriquecimento.
Entre as atividades realizadas nas áreas, está o plantio direto total, que facilita o recobrimento do solo e diminui a reinfestação de gramíneas exóticas. A técnica também facilita as operações de plantio e principalmente de manutenção, uma vez que a distribuição das mudas em campo é previsível. O plantio ocorrerá na estação chuvosa/verão compreendendo os meses de outubro a março. No geral, o plantio direto de mudas nativas será numa área total de 14 hectares


Além do plantio, algumas propriedades irão receber a Muvuca, uma técnica de Semeadura muito versátil, que será implantada de forma eficiente para o controle de gramíneas invasoras, bem como maior riqueza das espécies semeadas. A semeadura direta na forma de muvuca será realizada num total de 10 hectares dividos entre as propriedades abrangentes.

A condução da regeneração com enriquecimento é realizada de forma individualizado, de modo a se observar as peculiaridades de cada área. Em locais com a presença de solo exposto e erosão, se utilizará de galharias com o intuito de recobrir o solo e iniciar pequenos núcleos propícios à colonização de plantas e animais, sendo este um ponto de atenção para medidas de contenção e recuperação do solo.

No enriquecimento das área de condução, será utilizado um polímero, hidratado e colocado nos berços do solo após estes estarem hidratados e calcariados. A Condução da regeneração natural com enriquecimento será realizado numa área total de 8 hectares.

Voltar

Bacia do Guariroba - Saiba Mais